Category Archives: Poesia

Human Family by Maya Angelou

Human Family by Maya Angelou I note the obvious differences in the human family. Some of us are serious, some thrive on comedy. Some declare their lives are lived as true profundity, and others claim they really live the real … Continue reading

Posted in Poesia, Video e Fotos | Tagged , , , , , | Leave a comment

Merry Everything, Happy Always

Merry Everything, Happy Always   Nice, isn’t it?

Posted in Poesia | Leave a comment

O Elefante, de Drumond

Na inimitavel voz de Paulo Autran o poema O Elefante de Carlos Drumond de Andrade     O Elefante Carlos Drummond de Andrade   Fabrico um elefante de meus poucos recursos. Um tanto de madeira tirado a velhos móveis talvez … Continue reading

Posted in Poesia | Tagged , , , | Leave a comment

Bens Imateriais do Rio de Janeiro

Bens Imateriais do Rio de Janeiro Ah meu Rio de Janeiro, quanto me custa, trocar a Vieira Souto pela rua Augusta, perder Ipanema de vista nessa avenida Paulista e deixar minha Copacabana por Vila Mariana … Parte da poesia que … Continue reading

Posted in General topics, Poesia | Tagged , , | Leave a comment

Morrir Lentamente, Pablo Neruda

MORIR LENTAMENTE Pablo Neruda Muere lentamente quien se transforma en esclavo del hábito, repitiendo todos los días el mismo trayecto, quien no cambia de marca, no se arriesga a vestir un color nuevo y no le habla a quien no conoce. … Continue reading

Posted in General topics, Poesia | 1 Comment

Balada da Moça do Miramar – Vinícius de Moraes

Balada da moça do Miramar Vinícus de Morais Silêncio da madrugada No Edifício Miramar… Sentada em frente à janela Nua, morta, deslumbrada Uma moça mira o mar. Ninguém sabe quem é ela Nem ninguém há de saber Deixou a porta … Continue reading

Posted in General topics, Poesia | Leave a comment

Recebi isto hoje de uma amigo. Faz tanto tempo que tinha lido que quase esqueci. Ainda bem que tenho quem me lembre.

Casa Arrumada Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) Casa arrumada  é assim: Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa  entrada de luz. Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um … Continue reading

Posted in Personal, Poesia | Leave a comment